sexta-feira, 25 de abril de 2014

Por que uma pausa tão grande?

O título desse post é uma pergunta retórica, para a qual eu ainda não tenho resposta. Tenho uns três ou quatro rascunhos arquivados por aqui, que possivelmente nem serão postados. Fiz um montão de posts mentais - quem nunca? - mas nenhum deles sequer está no rascunho! Afinal de contas, o momento em que eu tenho as melhores ideias estou em pé no trem ou no metrô, dirigindo no trânsito caótico do Rio ou fazendo alguma outra coisa que me impeça de pegar o caderninho dentro da bolsa. 

Importante que fique registrado aqui, o meu amor por escrever surgiu antes, bem antes do amor pelas linhas e tecidos. O blog, para mim, é uma forma de interseção entre várias maneiras de criar. Em outras palavras, escrevo porque amo e principalmente porque preciso. 

Recebi algumas manifestações de saudade dos meus escritos que me deixaram muito feliz. Outra coisa digna de registro é que a Dani listou esse blog como um dos seus favoritos e percebi que já tinha passado da hora de voltar a escrever!

Opa, peraí, mas que Dani é essa? No início de abril, fui convidada por uma amiga muito querida, a Dani, para ser escrever como convidada no blog dela! Ela é professora e escritora no Reino Unido. No blog, ela publica textos deliciosos, listas divertidíssimas e dá espaço para pessoas malucas como eu bagunçarem tudo e ensinarem a fazer coisas cute com lacinhos. Se você lê em inglês, está recomendadíssimo! É só clicar aqui para visitar. 

Muita coisa tem acontecido por aqui. E quando eu digo 'por aqui', pode ter certeza de que estou falando do famoso mundo das minhas ideias. Tenho feito algumas descobertas, lido muito, anotado muito. Eu pensava que o que eu mais desejava era uma mudança no meu modo de trabalhar, mas acabei percebendo que era muito mais do que isso. Nunca havia me dado conta de que precisaria mexer em tantas coisas dentro de mim, refletir sobre o meu modo de enxergar o mundo, de enxergar a mim mesma. E logo eu, sempre apegada ao calendário, percebi que algumas mudanças não precisam ter deadline, prazo determinado. O que importa é trabalhar nelas incansavelmente...A velocidade é aquela necessária para fazer aquilo que nos parece mais acertado.

Enquanto eu não escrevia...


Um abraço gigante!

Camila 

2 comentários:

Daniela Pesconi-Arthur disse...

Vixi... Então né? Como sempre, obrigada pelo carinho, Camilinha! Sempre que tiver vontade de passar pelo Potter's Shed, é só avisar. Vai ser sempre mais que bem vinda! Que legal esse post, principalmente com as fotinhos no final. Sabe que não sei fazer colagem de fotos? Pois é. Preciso aprender... um beijo gigante, vou passar sempre por aqui! ♡♡

Menina Lima by Keithe Lima disse...

Sim, você tem muitos fãs que sentem saudades dos seus escritos e que amam sua arte! Sabe o motivo?!
Sabemos do seu amor pelo seu trabalho! Você é uma linda de alma e coração!!!